10 de jul de 2013

3º HEY HO! LET'S GO – FESTIVAL CELEBRA O ROCK UNDERGROUND DE RORAIMA


Terceira edição do festival HEY HO LET'S GO celebra o rock underground de Roraima, com shows de bandas locais e do Amazonas, reafirmando a máxima: “O underground me representa!” 

Por Victor Matheus – www.roraimarocknroll.blogspot.com

Em 2011 o Blog Roraimarocknroll tornou-se a referência em informação sobre o rock do extremo norte do Brasil. Com o reconhecimento e a credibilidade conquistado na cena, o Blog Roraimarocknroll passou também a não só divulgar o rock roraimense, mas também A promover eventos com o objetivo de fomentar e agitar a cena rocker acima da linha do Equador. Com o sucesso e repercurssão do primeiro festival promovido pelo Blog – o Skinni Rock Festival Boa Vista – e a mudança, na época, do mês de realização do maior festival de rock de Roraima - o RR Sesc Fest Rock - o Roraimarocknroll resolveu resgatar o espírito rocker de celebrar o dia mundial do rock, organizando pela primeira vez o festival HEY HO! LET'S GO!. 

Três anos depois, o festival HEY HO! Chegou a terceira edição e cresceu em estrutura e programação, trazendo pela primeira vez a Roraima a lendária banda manaura SENTAPÚA e pela segunda vem em Boa Vista a banda RHODES além da participação de oito bandas locais. Ainda assim, o HEY HO! Segue sendo um festival underground, alternativo na sua essência, seguindo a sua proposta moldada desde sua gênesi, que é justamente resgatar o espírito de união entre as bandas e ser uma festa para celebrar o dia mundial do rock, com shows de bandas autorais e covers, convidadas e locais. 

A terceira edição do HEY HO LET'S GO aconteceu na Chopperia Chacrinha – A casa do rock – hoje, sem dúvida, o maior pico fomentador do rock autoral e underground de Roraima, que periodicamente abre espaço para as bandas autorais se apresentarem na casa. 

EPÍSTULA - hard rock cristão de peso

Na primeira noite de shows do HEY HO!, as bandas se apresentaram no palco do Chacrinha Chopp's. A banda cristã EPÍSTULA abriu o festival tocando músicas autorais no seu repertório e covers do classic rock gospel. O som da banda EPÍSTULA surpreende pela agressividade e por riffs bem construídos, muitas vezes exaltando ecos do hard rock oitentista, sendo muito bem vindo aos ouvidos rocker mais adeptos do som pesado. A EPÍSTULA é uma das bandas do novo rock gospel de Roraima que tem eu seu DNA medalhões do rock oitentista de Roraima, como Jeremias Nascimento no vocal e que demonstrou no HEY HO! que a “caretice” do público alienado que acha que rock gospel e “secular” não podem dividir o mesmo palco fica apenas no mundinho poser dessa turma que se preocupa mais em dar rótulos do que realmente curtir um bom rock n'roll. A EPÍSTULA veio para mostrar isso, que acima de qualquer ideologia, o que importa é a música. O resto, de um todo, pouco importa... Rock é rock, e ponto final. 

BLUTZ - rock com atitude sem medo de imprevistos

Estreando em festivais, a banda BLUTZ, formada por jovens que não chegam a maioridade ainda precisa malhar muito o seu som se quiserem realmente fazer historia no rock roraimense. Infelizmente os músicos da banda faltaram as aulas básicas do rock n'roll, onde se lê: afinar seus instrumentos antes de subir no palco, e lembrar o baterista de que em qualque show, em especial shows em festival, é obrigação dos músicos levarem seus instrumentos e ter conhecimento prévio da estrutura de som, para não ocorrer mais o que aconteceu no palco do chacrinha Chopp's, uma banda desintrosada, fazendo releituras ruins de covers de Pitty, Marylin Manson, White Stripes, Nirvana mas que ainda assim tem a atitude rocker que toda banda deve ter para seguir em frente: Não se intimidar com os imprevistos que podem acontecer num show. Desejamos que a BLUTZ siga em frente e não esmoreça no primeiro revés, afinal, o rock n'roll não é perfeito e nunca será! 

SYNCRÔNIA - Dando aula de como se fazer rock cover

A proposta do HEY HO! É unir bandas covers e autorais no mesmo festival, e seguindo o que já aconteceu em edições anteriores, a SYNCHRÔNIA subiu ao palco do Chacrinha Chopp's para representar as bandas covers do rock roraimense. A banda não se acomodou ao repertório cover enlatado reproduzido a exaustão por 99% das bandas covers locais que vem tocando atualmente, e saindo de cima do óbvio e do clichê, disparou covers bem tocados de muitos clássicos do rock oitentista, indo de Cyndi Lauper a Michael Jackson, de Scorpions a A-Ha, e ainda relembrando hinos dos Cranberries. Um dos shows mais legais que assistimos até então da SYNCHRÔNIA e uma aulinha básica para as demais estagnadas bandas covers do rock local que se pode gozar no pau dos outros sem soar clichê. Um baita show de rock! 

SHEEP - De volta ao epicentro do rock roraimense

Fechando a primeira noite do HEY HO! A banda SHEEP entregou mais um show fodástico e mostrou porque o tempo só faz bem para qualquer banda de rock. O público chegou junto do palco do Chacrinha Chopp's para curtir uma das bandas mais legais de todos os tempos do rock roraimense. As músicas SOLIDÃO e AGONIA lançadas recentemente na Coletânea Roraimarocknroll foram tocadas pela banda e o público já retribui os versos, cantando junto com o vocalista RAMON HIAMA que tem o mais impressionante timbre vocal do rock acima da linha do Equador... Está aí uma das bandas que fará falta no Roraima Sesc Fest Rock deste ano, por ser uma instituição do rock local e por sempre entregar belos shows para o público. Esperamos que ano que vem a banda participe do maior festivas de Roraima, e certamente repetirá mais uma dose na próxima edição do HEY HO! e dizemos mais, deve também, por mérito e competência, fazer parte de qualquer programação de festival de rock de Roraima e do Norte, porque a Sheep vive hoje o seu segundo momento de brilho no rock Roraimense. Vida longa as ovelhas rockers! 

IEKUANA - melhor banda do rock roraimense na atualidade

A segunda noite do HEY HO LET'S GO! trouxe o palco do Chacrinha Chopp's para a área externa, que provou ser mais interessante para a realização de um festival, por dar mais liberdade ao público banguer de bater cabeça, e também pela acústica, que ao ar livre, deixa o som mais definido e melhor de ser ouvido. Diferente dos outros festivais locais que insistem em sempre colocar as bandas de som mais pesado no final da programação, o HEY HO! fez o oposto: Abriu a segunda noite com a banda IEKUANA, que dispensa apresentações. A tribo dos Maldytos Roraima compareceu no Chacrinha Chopp's para prestigiar o show da banda autoral mais pesada e respeitada do rock roraimense. Em meio a pogos, pescoços doídos e cabeças rolando, a IEKUANA entregou um show pesado, suscinto e direto que deixou muitos desavisados de queixo caído, dando um aperitivo do que vem aí no Roraima Sesc Fest Rock. Agora só falta os IEKUANAS lançarem sua bolacha este ano, pois o público roraimense já foi literalmente doutrinado nos padrões undergrounds que a banda representa, mostrando para os demais grupos de rock de Roraima que não basta apenas tocar bonitinho e pagar pau de camisa preta e dizer que curte metal, tem que ter carisma, ser humilde e tocar com emoção! Não sabe do que escrevemos? Assista a IEKUANA e entenderá o que estas linhas rockers querem dizer. 

RHODES - do Amazonas pela segunda vez em Roraima

A banda RHODES veio pela segunda vez a Roraima para participar do HEY HO! e foi a segunda banda da segunda noite a se apresentar... Seguindo a máxima de que “na segunda vez fica ainda melhor”, a RHODES apresentou seu repertório autoral bebendo intensamente na fonte do Britsh Rock de bandas como Oasis e... Oasis, que por certos momentos até soou um pouco clichê ma que ainda assim agradou o público mais seletivo do Chacrinha Chopp's. O show da RHODES é direcionado para os amantes do rock em seu estado mais emotivo, com levadas folk e guitarrista ritmicas que podem ser emuladas em assobios... A banda tem potencial para conquistar o mercado indie e estrangeiro se seguir esta linha sonora, mas preferimos ver a banda lapidar mais o seu som e se permitir experimentar mais, tirar o leite dessa pedra em fase polimento e mostrar que é muito mais que um emulador do rock britânico, o que deve acontecer naturalmente já que a banda tem pouco tempo de estrada. A RHODES é uma boa banda da nova safra do rock baré com potencial para se tornar um dos grupos mais acessíveis do rock do norte do Brasil, basta focar melhor suas composições e se libertar dos clichês já saturados do rock inglês. Ousar é palavra obrigatória em seu repertório se quiserem realmente fazer história no rock independente do Brasil. Nós apostamos que sim, e desejamos vida longa ao quarteto manaura que cativou o público local com seu pop rock honesto, ainda sendo moldado para torna-se autêntico por excelência. 

SENTAPÚA - Lendária banda baré pela primeira vez em Roraima

A lendária banda manaura SENTAPÚA voltou a cena rocker baré este ano e veio pela primeira vez a Roraima para participar do HEY HO! A SENTAPÚA foi a terceira banda da última noite do HEY HO! e trouxe para o show de Roraima o repertório autoral retirado do seu primeiro disco, com destaque para o blues , e hino do rock manaura, NO LADO ESCURO DA NOSSA LUA ,além de rock's mais pesados, como PUNHAL e QUINZE PARA MEIA NOITE. Destaque para o vocal WILSON, que tem um timbre vocal com cheiro de grunge, ecos de Laney Stanley mas pose rocker vintage a lá Robert Plant. A SENTAPUA é daquelas bandas de rock que cativa ao primeiro acorde, porque faz um rock honesto, sem meias palavras, com profissionalismo e dedicação. Esperamos e desejamos revê-los mais vezes nos palcos de Boa Vista para repetir a dose do HEY HO! que entregou pro público local um belo cartão de visitas da banda. 

DITAMBAH - O grande lago celestial desceu dos céus

“Irmãos, a tempestade vai cair, a cidade se inundar, ninguém vai poder fugir, e o fogo do céu...” Talvez proféticamente ou não, por incomodar os deuses canônicos ou por fazer os deuses do rock se rebelarem no lago celestial do grande Tambah, a banda DITAMBAH antecipou o final do 3º HEY HO LET'S GO!. A revelação do rock roraimense em 2013, foi a quarta banda a se apresentar no festival, mas não teve tempo de tocar o show completo, afinal, no meio de sua performance, na canção FÉ DEMAIS NÃO CHEIRA BEM, um dilúvio surpreendente caiu dos céus, dando apenas tempo o suficiente para a banda terminar o primeiro refrão da canção e os equipamentos serem retirados da área externa do Chacrinha Chopp's. Um final inesperado e inesquecível que coube perfeitamente na história do que é o HEY HO LET'S GO!: Um festival underground, feito para o público underground, e que mostrou que vaidades e egos a parte, o bom mesmo é poder ouvir muito rock n'roll, reencontrar os amigos para tomar uma cerveja gelada e dar boas risadas... O HEY HO! LET'S GO! Cumpriu mais uma vez o seu papel, celebrando o rock n'roll, celebrando o underground, celebrando a música, as amizades rockers, e acima de tudo, celebrando a história do rock roraimense, que teve mais um capítulo escrito no Chacrinha Chopp's, afinal, o underground nos representa. 

AGRADECIMENTOS 

Registramos aqui o nosso agradecimento a todos os parceiros, bandas e amigos que colaboraram para a realização do 3º Festival HEY HO! LET'S GO!, em especial ao Chacrinha Chopp's, por sempre apoiar o rock autoral de Roraima e dar espaço para o Blog Roraimarocknroll realizar eventos na casa do rock, a Folha de Boa Vista. Agradecimentos em especial a Cyneida Correia, Alexandre Horta, Cesar Matuza, Paulo Henrique, Rodrigo Mebs, Handson Gomes e Siddhartha Brasil no apoio e colaboração na produção do Festival, as bandas locais Epístula, Blutz, Synchrônia, Sheep, Iekuana, Ditambah e as bandas convidadas do Amazonas - Rhodes e Sentapúa - por terem aceitado o convite para participar do festival, e ao público por ter ido prestigiar o evento, afinal, é por causa do público e das bandas locais que o Blog Roraimarocknroll realiza eventos. Já dizia os fanzineiros: “Se ninguém faz, fazemos”. E sempre faremos, pois o amor ao rock n'roll é o que nos move nessa vida. 

Fecha a conta.

3 comentários:

Anônimo disse...

Discordo muito com vc ,tdas as bandas foram boa ,e a banda BLUTS , apesar de eles não tocarem com um dos instrumentos completo , se saíram muito bem :D haha e a vocalista fez releituras muito boa , diferente da outra SYNCRÔNIA , q eu não dava de entender PORRA nenhuma do que ela dizia , banda syncrônia , treinem mais seu inglês bj -'-

Laís Lima disse...

Oi Anônimo, não pera... hahahaha

Em primeiro lugar, quero agradecer ao Blog por, mais uma vez, nos dá esse espaço e reconhecimento... VALEU.

Em seguida, quero agradecer a você (seja lá quem for) pela dica, com certeza vou segui-la. Já até me matriculei no cursinho, acredita?

Um beijo querido, ou querida. Espero vê-lo(a) nos próximos shows da Synchronia, daí você aproveita e me fala se meu inglês melhorou ou não, mas, só depois de aprender a escrever o português, combinado?

:*

Anônimo disse...

A que bom que você entrou em um cursinho né ? ja tava na hra. Fale o que vc quiser do meu português , mas não é eu que fico pagando mico em publico não é ? e se vc começar a cantar de verdade , com certeza estarei no seu show , vc canta bem ... beijos