16 de jun de 2011

SKINNI FESTIVAL - PARTE 1: O BOM GUERREIRO NÃO FOGE A LUTA


Por Victor Matheus - Blog Roraimarocknroll

A história do Skinni Rock Festival Boa Vista poderia ser comparada a crônica de 300 de sparta. Todos sabem a história, mas não custa lembrar que reza a lenda que 300 spartanos combateram o exército gigantesco do Rei da Pérsia – Xerxes, resistindo bravamente até o último suspiro. Com o Skinni Rock Festival, guardada as devidas proporções, ocorreu o mesmo. Uma “batalha” fomentada por inveja de outros grupos e pessoas (se a carapuça servir, repito mais uma vez, não é problema meu), boicotes, polêmicas e todo tipo de golpe baixo e desonesto tentando tirar o brilho e o foco do Festival que definitivamente entrou para história do rock roraimense sendo um divisor de águas entre a estagnada cena local concentrada por um bom tempo no corporativismo monopolista para uma nova cena emergente, independente, novamente coesa e mirando um futuro bom.

Há muito que escrever e comentar sobre o Festival, por isso se dividirá em capítulos. Começo a crônica do Skinni Festival contando os bastidores do dia do evento, contando a história quadro a quadro, obstáculo a obstáculo, dividindo com todos como foi difícil e desgastante superar os imprevistos ocorridos e perseverando incansavelmente para materializar um sonho meu construído ao longo de 11 meses. Não foi fácil a caminhada, mas unidos chegamos lá, e agora você saberá como foi essa peregrinação.

CARTAS NA MANGA PRA VIRAR O JOGO

O cronograma do Festival estava planejado desde muito tempo. Pela parte da manhã, das 8 às 12 horas haveria a montagem de palco, som, iluminação e ambientação do espaço do evento. Do meio dia até as 15 horas ocorreriam às passagens de som das bandas. De 15 horas até as 18 horas o Debate Aberto, e a partir das 19 horas o Festival com shows, previsto para acabar as 2 horas da manhã seguinte.

Nada do que foi planejado aconteceu lindamente como desejávamos porque simplesmente tudo começou atrasado, comprometendo o cronograma, e não só isso, pois parece que o tal sabotador cumpriu a profecia e um imprevisto cinematográfico quase estragou nossa festa. A negatividade e inveja foram tanta para o nosso lado desde o começo da história do Festival que tudo parecia ir pro buraco, mas eu sabia que minha fé e paciência, e toda a energia desprendida pra fazer a parada rolar, a compreensão dos colaboradores, bandas e união de todos nos ajudariam a contornar os problemas e fazer a roda girar.

O atraso na montagem do som, da iluminação e ambientação não prejudicaria tanto o cronograma que teria um atraso de 1 hora. O pior ainda estava por fim. O vôo de São Paulo do amigo jornalista Finatti, que estava previsto chegar à cidade no vôo das 13h35min simplesmente teve um singelo atraso de 3 horas por conta de o aeroporto estar fechado devido ao mau tempo em Sampa, comprometendo a conexão em Brasília tendo que ser realocado em outro vôo que chegava as 2 da manhã. Até aí tudo bem. Mudaríamos a data do Debate para outro dia, mas e a cobertura do festival? Como ficaria? Sua missão era vir justamente para cobrir e assistir o evento, mas com horário de vôo previsto para chegada após o término da festa não faria sentido tê-lo trazido até aqui. A solução? Propus as bandas “atrasar” o evento, para que ele pudesse pelo menos acompanhar as três últimas bandas e sentir a energia da festa. Quanto à cobertura, combinamos, o Finatti e Eu, que ele assistiria aos shows posteriormente que foram gravados e filmados, emitindo exclusivamente pelo que veria nas gravações suas impressões sobre o Festival. Esse problema estava resolvido.

REORGANIZANDO O CRONOGRAMA EM PROL DE TODOS
As urnas de votação: Material reciclável e criatividade 

Outro problema precisava de solução rápida. Uma breve reunião com as bandas e a produção foi feita para decidirmos como “atrasar” o evento sem incomodar o público e não comprometer nossa credibilidade. No meio da conversa foi sugerido por parte das bandas que colocássemos outra banda para compor a programação e estender o horário de término do evento. Todos foram de acordo, mas ficou uma questão. Que banda colocar? Imediatamente o nome da Jamrock foi colocado em pauta, sendo aceito por todos prontamente, mas logo após foi levantado um questionamento: Porque não colocar a segunda banda colocada na prévia seletiva? Sim. A lógica era essa, mas eu, Victor Matheus, organizador e idealizador do Festival não aceitei. Por quê? Simples: Colocar uma banda que tinha até condições de tocar em nosso evento, mas que expressou claramente seu descontentamento conosco, reclamando na rede, e claramente tentando queimar nosso filme e boicotar, sem contar que têm um integrante que é no mínimo um chorão, otário, que nos divertiu por muitos post’s com seus comentários ridículos e sem contexto, fazendo o papel de palhaço e criando um novo jargão da cena, me fez crer que não havia motivo algum para colocar a referida banda na programação. Certo. Então foi sugerido convidar a terceira colocada da prévia, mas novamente eu, Victor Matheus, organizador e idealizador do Festival, não aceitei. Por quê? Simplesmente pela atitude desonesta por parte da banda em articular seus shows fora do estado (nada contra, têm mais é que correr atrás mesmo) mas usando artifícios conhecido como a “boa e velha puxada de tapete” nos negócios do Blog Roraimarocknroll em parceria com produtores de outros estados. Não precisava de outro motivo para não tê-los em nossa festa. Todos concordaram com minhas justificativas. Ficou selado que a Jamrock seria convidada e abriria o Festival. Outro problema resolvido.

A INVEJA NÃO MATA, NOS FORTALECE

A passagem de som teve início às 16 horas. Até aí tudo bem. Seguindo o cronograma o evento iniciaria às 20 horas, ainda assim com atraso, normal para os protocolos de evento de Rock do Sesc mas nenhum pouco do meu agrado. “Estranhamente” um problema ocorreu durante a passagem de som: A energia do prédio simplesmente sumiu. Teria enfim o sabotador, não contente em excluir nosso evento do Facebook, articular nos bastidores boicote e tentar promover um levante contra nossa festa, resolver agir mais ofensivamente? A dúvida pairou no ar. Depois de muito esforço e trabalho, nossa equipe solucionou o problema aparente e as bandas passaram o som. O evento ainda começaria no novo cronograma previsto. Minha fé, paciência e perseverança me deram ânimo e combustível, e mesmo estando há pelo menos 3 dias dormindo apenas 2 horas por noite, exausto, tendo desmaiado duas vezes, desidratado, e chateado pelos imprevistos que poderiam comprometer nossa festa, finalmente via nosso sonho se materializando e se tornando realidade. Estava próximo de acontecer de fato.

VAMOS FAZER A RODA GIRAR 
Jamrock no Skinni Rock Festival 

As 19:45 a banda Jamrock já estava pronta no palco para iniciar seu show. Eu estava retornando da minha casa para um banho rápido e ao chegar ao local do evento me deparei com uma cena desagradável para qualquer produtor de eventos: Centenas de pessoas na frente do local do evento esperando começar a festa e nenhuma luz dentro do mesmo. E agora? Chorar? Espernear? Mandar tudo pelos ares? Cancelar? Devolver os ingressos? Não mesmo! Por um breve instante fechei meus olhos, respirei fundo, mentalizei na mente e coração que tudo daria certo no final, e que essa provação era o último obstáculo que venceríamos juntos para fazer a parada acontecer. O guerreiro poderia ter perdido algumas batalhas, mas não entregaríamos a guerra tão fácil assim. Após 3 horas, o problema da luz aparentemente resolvido definitivamente, a Jamrock tocava os primeiros acordes e começava o Skinni Rock Festival. Naquele instante, um filme se passou na minha cabeça, dos últimos 11 meses que abri mão de muitas coisas, arrisquei muito sem temer as consequências, coloquei meu nome e minha credibilidade em jogo na frente de um sonho e um ideal que via finalmente se materializar na minha frente, como nos rabiscos que fazia nas madrugadas adentro planejando este trabalho. Era só o começo, e eu sabia que seria inesquecível.

*Continua....

39 comentários:

Lucchesi disse...

Começou a resenha bem... Mas quero falar sobre dois tópicos...

1 - "Propus as bandas “atrasar” o evento, para que ele pudesse pelo menos acompanhar as três últimas bandas e sentir a energia da festa."

Esse atraso foi estipulado heim cara... Não foi proposto... Entendi seu lado, mas foi algo estipulado.

2 - "Não precisava de outro motivo para não tê-los em nossa festa. Todos concordaram com minhas justificativas."

Eu não concordei com as justificativas de não colocar a rolling bones ou a alt, até questionei. Aceitei.. É diferente... Lembro que de início sugeri a Jamrock, mas depois citaram a prévia (que eu tinha esquecido) e eu lembrei que teve votação.. Até falei contigo na hora, lá no SESC, sábado a tarde.

Mas é isso ai... Novamente, parabéns pela iniciativa e pelo empenho.

Abraço

Lucchesi disse...

Aliás.. Falei da insert também.

Lucchesi disse...

Matheus.. Ali no "Bandas de Roraima", na pagina inicial do blog, a OSTIN tá com o link da Elvis From Hell.. Pode arrumar, por favor?

coloca www.palcomp3.com/ostin

Valeu

MAICON FERRI disse...

o atraso foi proposto ! tanto e que estavamos reunidos no momento !
oque acontece eo seguinte: em uma reunião realizada niguem nunca fala oque tem pra falar , se concordou ou nao, se vai rolar ou nao vai , se tem algum problema ou nao . niguem fala ai deixam as coisas se encaminharem pra depois pular fora e reclamar e ainda por motivos futeis pra caralho, eu acho isso uma idiotisse e falta de profissionalismo para com todas as outras bandas que estavam la ajudando e sendo flexivel ao horario e a qualquer outra condição que a situaçõa proporcionava!
a H.C.l aceitou todas alterações sem reclamar e nem por isso caiu pedaço de integrante ja outras bandas eu nao posso dizer o mesmo !
eu acredito que ter uma banda independente e ter responsabilidade e força de vontade pra se submeter a qualquer tipo de acontecimento!

eu digo tudo isso aqui me colocando no lugar do matheus! pois eu imagino o quanto deve ter sido dificil pra ele montar toda essa estrutura pra gente so chegar e tocar ! assim e facil, e eu tenho certeza que não reclamar seria bom!

HARD CORE LIVRE.

netuh.altf4 disse...

Opa, tava demorando pra falar merda, Matheus, quem escolhe as bandas que vão tocar ou não nus eventos que tu produz é você mesmo, então a Altf4 em nenhum momento ficou chateado, ou com raivinha por não tocar, toquei em todos pocktes shows que fomos chamados, e ficamos ainda de sobre aviso, pois uma banda não iria tocar no pockte show e agente ia tocar. Agora tu vem chamar a banda de DESONESTA, atitude de muleque essa ae, presta atenção no que tu fala, se tu quer falar alguma coisa, fala pelo menos na cara.
Tu tem chamado tanta gente de chorona, nesses teus posts, mas o choram é tu que se esconde atrás de um Blog !
então é isso, só não quero que o nome da minha banda entre em confusão nenhuma, e invetem coisas sobre ela.
Quem conhece sabe quem é que costuma puxar o tapete das bandas!

Cesar... disse...

Acho que o evento foi ótimo desde o começo, em todas as edições, prévias, pockets, todas as bandas tocaram bem, etc.. atrasos sempre acontecem.. inevitável. Acho que não dá pra querer que aconteça algo perfeito, mas dá pra tentar caprichar nas coisas..

E Neto, quem conhece realmente sabe quem gosta de puxar os tapetes, sacanear, boicotar.. principalmente quem vem acompanhando tudo isso a uns 10 anos. E nem precisa de CSI Roraima pra isso.

E vc tá certo, concordo, é claro, quem organiza os eventos tem todo direito de escolher ou negar as bandas que tocam, qdo eu organizava eu tbm escolhia. Mas cada um tem seus motivos.. principalmente quando dói no próprio cú (com acento). Quem bate esquece rapidinho, mas quem apanha não esquece..

rock n roll pra todos aê! \m/

Lucchesi disse...

Maicon... SE seu post foi pra mim ou pra a OSTIN, você falou coisa que não sabe...Mas acho que não foi.
Eu questionei o horario na hora da reunião la no sesc sim... Não lembro se foi antes ou depois de voces chegarem (acho que vocês não tinham chegado no sesc ainda).. Bati na mesma tecla várias vezes... Aceitamos o atraso e também não caiu pedaço da gente, tocamos da mesma forma que tocariamos no horario marcado anteriormente e eu curti muito tocar no evento. A estrutura tava muito boa e o som excelente.

Eu entendo o lado do matheus e já falei isso pra ele. Ele trabalhou, se empenhou, se sacrificou. E acho que todas as quatro bandas que participaram de todas reuniões no chacrinha entendem que o cara fez o que podia fazer. Só que o público não quer saber disso.

Na hora de analisar o evento como um todo, temos que ser imparciais. O público não tá nem aí se o som atrasou, se tá sem luz, se a banda atrasou, se não sei quem atrasou, se o mundo ta acabando, etc... O público quer o show.

Atraso em evento é comum, mas infelizmente, no skinni o atraso foi excessivo (foi o ponto fraco do evento) e todo mundo sabe disso... Se a HCL aceita atrasos numa boa, ok.. Nós da Ostin não gostamos e reclamamos sim, pra que nos próximos o mesmo não ocorra.

Se seu post não foi pra mim ou pra a OSTIN, releva ai (: ... E já fica o esclarecimento pra quem quiser saber.

Abraço

Iara disse...

É isso aê Neto, é muito fácil pra vc né Matheus, falar e falar através de um blog, sendo que pessoalmente transparece o oposto do que escreves aqui, ou seja, arrega mesmo! E outra a única pessoa que chora e reclama é você. Vive em função de anônimos e de possíveis sabotagens, e sempre com acusações que para bom entendedor visivelmente sacamos de quem tu falas... Fala sério, né. Na boa, tu falandos em honestidade é uma hipocrisia do caralho, convenhamos que você não é a pessoa mais indicada a falar desta virtude! Faz teus eventos, se promove, mas sem envolver indiretamente fulano e ciclano, seria tão mais saudável! Mas vejo que teu lance é polemizar a parada, é movimentar "tua cena" com baixaria.

MAICON FERRI disse...

luchessi nao e que a HCL aceite atrasos man !
acontece que foi um imprevisto e todas as bandas tinham que aceitar ou vc queria que segisse normal o evento e a tudo pelo ares voltasse pra casa sem tocar para que o felipe veras pudesse ir pra faculdade no outro dia ! a mano que isso !
vc ja oviu falar em "inevitável " foi o que aconteceu eu achei uma mulekagem do caralho a atitude de vcs la jogando o matheus contra a parede mano na frente dos caras das bandas de manaus ! pra min foi ridiculo aquilo cara ! serio mesmo !vc tocam bem mas acho que deviam mudar essa postura !

MAICON FERRI disse...

desculpem os erros de português ! e que eu so me preocupo em escrever direito em redação de vestibular!...kkk

Lucchesi disse...

Não vou mais falar dessa questão do atraso aqui...
Qualquer coisa eu te explico o que aconteceu na reunião.

Cesar... disse...

Eu vou reclamar.. como público..
Não gosto de atraso, mas como cheguei só as 22h mesmo, ainda bem quye atrasou, vi todas as bandas.. heheh. pena que foi ate muito tarde e a galera não aguentou..

Esperava mais energia dessa galera jovem.. kkk..

Discussões são saudáveis.. aprendam a ouvir.. não precisa brigar ou causar intriga por terem divergencia de opiniões.. é normal!

Hugo Pereira disse...

Aprendam a se expressar galera! Tem briga que rola aqui por que as pessoas não sabem se expressar, pura besteira. ;) Podia ser saudável, mas...

Cesar... disse...

Depois não querem que falem que tem boicote. inveja, choro, difamação, puxada de tapete, facada nas costas, mal caratismo, canalhice.. olha essas RT falsas no tuiter.


RT @veludobranco tem mais! o futúm do cara era tão foda Q TIVE Q CHAMAR O D. D. Drin pra desinfetar minha casa depois q ele dormiu no sofá
21 hours ago Favorite Retweet Reply

RT @veludobranco PUTA MERDA! Porque fui pagar a viagem desse porra do HUMBERTO FINATTI pra Roraima? Pediu dinheiro emprestado TODOS OS DIAS
22 hours ago

Mas eu tambem sei fazer. ó

RT @infelizfrustrado - escrevo merdas aqui pq eu não tenho capacidade de fazer algo util (legal né?? eu tambem sei fazer)
Favorite Reply Delete


é só procurar no mentions, vai ver tudo lá.

Que bonitinho né? super saudável.. mas na verdade chega a ser RIDICULO

TENHO PENA DE VC, SUA VIDA DEVE SER UM LIXO MESMO PRA FICAR PREOCUPADO EM PREJUDICAR OS OUTROS NÉ? QUER LEVAR TODOS PRO MESMO BURACO QUE VC VIVE? SÓ LAMENTO, NÃO VAI CONSEGUIR!

Anônimo disse...

Ainda bem que a Alt F4 não tocou. Ooohh Bandinha ruim. Ainda mais com aquela musiquinha de viado Mamãe eu quero ser Batman.

Lucchesi disse...

Cesar.. Não sei se tem algo relacionado... Mas o finatti tem um twitter fake, que é seguido por umas 900 pessoas... E só fala merda.

http://twitter.com/#!/humbertofinatti

Esse fake não é daqui.

Cesar... disse...

Ah anônimo, vai tomar no cú tbm antes que eu me esqueça..

hueaheua

sei não Luchesi, é facil articular pro tuiteiro sacanear em qualquer lugar.
é só dar as armas pra ele.
eu não duvido de nada meu amigo..

Nathalia disse...

O debate foi MUITO BOM, as bandas de Manaus são do caralho e o som do Sesc estava bom. Único problma é que estava alto demais. Juro pra vocês que até ontem meu ouvido estava com um zumbido.
Parabéns! Na espera do próximo evento.

Matheus, você me prometeu passar umas letras de música por e-mail! Espero até hoje ¬¬'

Victor Matheus disse...

Oi Natália. Promessa é divida e eu vou pagar. Só me lembra qual música é que envio pra você, por aqui mesmo. abrasss!!!

Nathalia disse...

Foda que eu não lembro o nome da música. Faço assim... No proximo show de vocês vou prestar atenção no nome da música e depois te falo. Bjo

Cesar... disse...

vc ta velha nathalia.. kkk.. fica com o ouvido zunindo em show do sesc? ou tá desacostumada com um som com potência adequada ao espaço?? huehuehu.. #fraca

Nathalia disse...

Adimito, estou fraca. Até cheguei a pegar cadeiras pra assistir o show sentada. Não aguento mais ficar até o final dos shows. Só fiquei pq queria ver Dust Road e Tudo Pelos Ares tocarem. Não estava mais aguentando de sono. A idade esta pesando. tsc tsc...

elainee disse...

juro q li tudinho rsrs
bom o skinni foi bom o atraso foi realmente o ponto fraco! mas tudo terminou bem a TPA FOI FODA pena q eu não fiquei ate o final da apresentação da dust road, enfim todas as dificuldades passaram um rolo compressor por cima!
a questão é melhorar a cena do rock roraimense( em todos os aspectos, óbvio) e não construir diálogos sem nexo, e nem criar questões q não condiz com nada
as bandas q estavam lá deram o melhor de si só isso que tenho a dizer quem gostou, gostou quem não gostou f****!
fuiz

MIROCEM disse...

Nossa, já vai ganhando corpo esse post! Bem é o seguinte, o atraso foi foda, mas sejamos honestos que tudo quanto é show e balada que rola em BV começa tarde pra caralho, eu mesmo que sou um velhinho e durmo cedo, nunca fui no bar do motoclube por que começa a rolar tarde; então pela lógica dos eventos de BV, o atraso foi grande, mas não foi nada demais! (a não ser pra bandas de fora que tinha hora de estar no aeroporto). No mais quem ta se prendendo a falar de atraso ou é velhinho feito eu ou está procurando alguma coisa pra falar merda!

Essa parada da banda que seria convidada para abrir o skinni, realmente entendo mateus mais,discordo. Porém a Janrock arrasou! E agora defendendo um pouco meu amigo, mas sem deixar de ser honesto; Seria IMPOSSÍVEL MATEUS SE ESCONDER ATRÁS DO BLOG: isso por que todos sabemos que esse blog pertece única e exclusivamente a ele, todos os textos são assinados por ele. Então dizer que ele estar se escondendo aqui é MENTIRA! Diferente de blogs como o do próprio canoa (só pra citar um exemplo) que o pablo está a frente mas existe uma equipe "grande" que escreve e tem colunas!!! inclusive coluna pra falar de roupa de oncinha e de séries gringas que estão acabando e o público ta sofrendo com isso!!!! (Tenha santa paciência)

Mas enfim, parabéns ao mateus pelo festival, e principalmente pela reunião que rolou depois no chacrinha! reunião de gente grande, onde todos falam e não somente baixam a cabeça...kkkkkkk

MAICON FERRI disse...

pohha concordo com o mirocinho ! kkkk

Cesar... disse...

odeio séries gringas, podiam acabar todas que minha vida seria absolutamente a mesma.. exceto Simpsons e South Park.. huehue

Mas o blog aqui é musica local, rock n roll de Roraima, nada a ver falar d TV aqui..

Prefiro as discussões acirradas que de uma forma são produtivas pela troca de opiniões e puxões de orelha, do que ficar preocupado se o fulano casa com a fulana no ultimo episódio do seriado..
bléh
\m/

✖ॐ●ξиdє૨sσи ฑσҩևεɨяα●ॐ✖ disse...

Não quero briga com ninguém, maaaas
fala-se muito em boicote aqui! e eu como um completo "INTELECTUALOIDE", passou rapidamente uma coisinha que passa quase dispercebido por todo mundo.

"Depois que O Senhor Victor Matheus saiu da banda Roling Bones, a mesma não tocou em mais evento nenhum do sesc." Seria isso um boicote tbm?
Seria apenas coincidencia?

Eu não sei, mas sei que nem sempre o coitadinho é inofensivo ou inocente!

Abraços!

Ronny Cavalera disse...

A Roling Bones vai tocar no sesc no proximo espaço rock dia 25 de junho, e pelo que eu saiba o Matheus não tem dedo nenhum la dentro do sesc, ou algum tipo de influencia forte a ponto de ficar impedindo que as bandas toquem no espaço, ai é mexer os dedos pra escrever merdas, sinceramente... ¬¬

Cesar... disse...

eu acho q a banda não tocou depois que o Mateus saiu, pq simplesmente eles pararam as atividades, o Skinni acabou sendo o incentivo pra eles voltarem, agora que estão em atividade, é só procurar os espaços pra tocar. e quem coordena o espaço rock no Sesc é o Coletivo, não teria motivos pra não tocarem lá.
Só esclarecendo.

Anônimo disse...

Só tem um detalhe, que para tocar colocado pelo coletivo, tem que trabalhar/pagar! ninguem chega e toca assim do nada. Pelo menos foi isso que o manoel falou no debate do xacrinha. Sera que os bonnes tão afim de se dar ao trabalho?

Podiam convidar o matheus pra ver o show e calar a boca desse critico de merda!

Cesar... disse...

Opa, assim que eu gosto, falar sem medo.. foda que é anônimo, mas td bem.. releva..

Sim, pelo que eu sei, o coletivo escolhe quem está no trampo e gera mais demanda, pra tocar nos eventos, ou apenas organiza o evento e convida bandas que quiser, sem ser necessariamente integrantes do coletivo.

Tem gente na Rolling que trabalha no coletivo, e merece espaço, gera demanda, assim como o presidente que eh da MrJungle, nada mais justo q ele colocar a banda nos festivais, o Neto da Alt tbm trabalha, acho q a namorada tbm ajuda sempre na banquinha, merece tbm estar nos eventos.. afinal, todos trabalham. certo?

Só não entendi até hj uma coisa: A bandas tem que trabalhar, seus membros fazerem parte do Coletivo criar demanda, produzir, moeda de circulação, essas coisas aí. Porém, o Matheus foi uns tempos atrás foi solicitado que escolhesse ser membro de banda ou membro do coletivo, pq não podia ser as duas coisas ao mesmo tempo. CUmé?? só ele? Como gerar trabalho e demanda no coletivo pra sua banda se vc não pode ser membro?? não é assim que a banda gera créditos pra ter lastro dentro do circuito?
Pra continuar a banda o Mr Mateus saiu do Coletivo.. obvio.

Eu sinceramente não entendi, nem o Mateus, nem Mirocem.. pode alguem explicar melhor?
ou foi apenas uma manobra pra colocar de escanteio pra fora do coletivo a Veludo?
Seria mais um mal entendido?
alguém quer explicar??????

MIROCEM disse...

Outro fato bem interessante César, foi a algum tempo atrás quando a Veludo queria participar do Festival Varadouro, no Acre; e nenhuma outra banda daqui do estado estava se propondo a ir somente nós! E o coletivo não poderia dar indicação nem nada. "Cada banda tinha que correr atrás, não era papel do coletivo".

Foi bem decepcionante, mas fazer o que, acabamos indo a convite da organização pro Festival casarão em Ro.

Cesar... disse...

poize, eu não entendo certas coisas.. afinal, com Mirocem trabalhando no audio visual, e Mateus na comunicação, não era uma banda trabalhadora no coletivo com lastro e moeda pra receber PELO MENOS uma indicação? Não precisa pagar passagem, só indicar.. só isso.. mas..
Se isso não é papel do coletivo? qual seria? pra que então trabalhar tanto, pra na hora que precisa, não ser beneficiado?? alguem por favor pode explicar?? na boa??

ANINHA K disse...

acho tao engraçado, como existe pessoas que nao sabe seu luga, nem é musico, nao é critico, nao é famoso nem regional muito menos nacionalmente, e que fazer "criticas" como sua opinião fosse fazer alguma diferença, o fato de ter dinheiro nao prova que as pessoas podem sair dizendo o que bem entender pras outras e se acha foda, fazem comentários hipócritas e de extrema falta de profissionalismo e ainda diz que é uma "critica construtiva". kkkk só rindo mesmo eu nunca visitei um estado no brasil que tivesse tanta briga e baixaria, eu ja vi uma equipe tentando desesperadamente toca em shows grande patrocinados, ja vi discussões entre integrantes de bandas mas coisa normal de convivência, mas cara cara nao em um blogue onde ninguem se defende e onde quem le nao ouve a outra versao, (ate que mata algue é ouvido) ja que vcs gostam so de le nao de olhar nos olhos pra dizer o que pensam, vai ai meu comentario escrito mas se eu tiver uma oportunidade de dizer espere que eu nao tenhoo medo de fala na cara...
OBS: EU LI QUE VC NO INICIO DA SUA BANDA ACEITOU CRITICAS PRA MELHORAR E SER QUE VC DIZ QUE É, ENTAO DA UMA LIDA BEM BOA EM TODOS OS COMENTARIOS QUE VC RECEBEU BEM DETALHADAMENTE. (HAAA JA IA ESQUECENDO SUA BANDA PRECISA DE VOCALISTA NOVO)

elainee disse...

eita! que a lavação de roupa aqui não termina! kkk
é bom por uma lado, a galera que visita e comenta no blog fica sabendo o que realmente esta acontecendo nos backstage( ou uma parcela do que esta acontecendo)!
do rock roraimense, do outro lado tem gente que fica tomando dores levando o assunto para um ponto que não vem ao caso!
mas enfim tem gente que não sabe se colocar no seu lugar!
pimenta nos olhos dos outros é refresco!
que isso galera! ficar atacando os outros através do blog é idiotice! fala na cara mesmo! vai numa boa, não precisa de violência! chega e fala!
rsrs =D

Anônimo disse...

Na verdade, o Senhor matheus e seus puxa sacos não passam de uma grande piada, e de muito mal gosto.

O pessoal aqui, baba tanto o ovo do victor, que se lhe derem um chute nas partes baixas, quebram os dentes de todo mundo.

Chamem tbm a Xuxa pra participar desse "mundinho de fantasias de vcs".

E viva o Rock'n roll...

Abraços.

Anônimo disse...

anônimo, concordo com você! E olhe que piada de mal gosto é só o que a gente encontra nessa cidade lixo que é Boa Vista. Não tem um evento de rock que preste, nenhuma banda aqui realmente é boa, mesmo as que se consideram os fodas, são uns merdas! O que dizer então de bandas como Rolling Bonnes, tocando stoner! piada! Ostin fazenso acústico no meio de um festival! isso pra não citar outras como Mr jungle uma banda totalmente clichÊ!

saco total! vamos todos pro Sulivan que é melhor no fim das contas.

Cesar... disse...

Po, uma leva de anônimos resolveu aparecer.. falar aqui sem falar na cara pode ser uma falha, agora comentar e ofender escondido atrás de um anonimato, seria o que? bem pior né?? pelo menos eu acho.. hehehe.. mas cada um com seus conceitos..

Falar mal, é uma coisa, (que é quem comenta anônimo faz) e ainda não tem bolas pra fazer pelo menos colocando o nome aqui.

Agora é bom colocar algumas coisas aqui, eu, pelo menos, estou citando fatos que acontecem, e ninguem fica sabendo, então colocando aqui, pelo menos, as pessoas podem tomar conhecimento do que aconteceu e acontece, nos "bastidores", por baixo dos panos. Apenas contando os "causos" da vida.. huehuee.. colocando publicamente, fica aberto a quem queira se defender, justificar, ou xingar anonimamente se por acaso não tiver coragem..

Falar na cara não é o caso, falar na cara o que a pessoa já sabe não tem sentido, e ninguem fica sabendo o que foi falado. e depois essa suposta pessoa pode sair contando a história dela, saca? contando a versão que mais lhe convêm.

prefiro o meio de publicação pública de publicidade para todos.. kkkk
abraços e \m/

elainee disse...

EU HEIM! =/