13 de out de 2015

COLUNA RORAIMAROCKNROLL - ANO 5 - 19ª EDIÇÃO

Nesta Edição: Julian Cavaleiro, Ultraje A Rigor, Casa Do Neuber, Bali Rádio, Victor Pium, Ditambah, Música Do Beiral, Cesar Matuza, Pedro Prata, Haadj, Alaíde Negão, Instituto Boa Vista De Música, Plato 2112.

ABRE A CONTA
Bom dia rocker! A coluna Roraimarocknroll de hoje está um verdadeiro banquete para quem curte rock n’roll. Tem um papo reto massa com o headbanguer Julian Cavaleiro, dica de livro, disco, agenda musical, um giro pelas redes sociais e as últimas novidades do rock roraimense. Quer saber o que tá rolando no rock acima da linha do Equador? Embarque nessa trip e fique por dentro. Seja bem vindo à coluna Roraimarocknroll, porque a história do rock roraimense você lê primeiro aqui! Boa Leitura, e ótima terça-feira! Let’s go! - Victor Matheus.
________________________________________________________________________ 

PAPO RETO 
*Créditos: Arquivo Pessoal 
O cantor guitarrista Julian Cavaleiro, da banda Deadly Hatred, 
responde a três perguntas do Papo Reto da nossa coluna: 

A Deadly Hatred vem ganhando destaque na cena metal roraimense... Quando surgiu a paixão pelo heavy metal em sua vida? Que bandas te inspiram a fazer metal? 

Meu pai era musico e tinhamuitos vinis classicos do rock... Depois conheci o João da lepthospirose que me passou copias de fitas k7 do Pantera, Iron Maiden, Metallica, Ratos de Porão. 

Recentemente aconteceu o I Extremo Norte Metal Fest. Como você analisa a cena metal em Roraima? 

A cena metal está bastante carente, porém há muitas bandas boas sem espaço para mostrarem seu trabalho. Por isso que criei o projeto para valorizar a cena local e fazer intercâmbios com bandas de outros estados e países. 

Quem salva o metal no Brasil hoje? 

A cena metal nacional tem muita banda representando tanto aqui como na Europa. Destaco Claustrofobia, Sepultura e a banda feminina Nervosa. 
________________________________________________________________________ 

CASA DO NEUBER 
*Créditos: Roberto Mebs 
Nesta quinta feira (15/10) a Casa do Neuber apresenta o show da banda Bali-Rádio e de Victor Pium, numa noite de muito Caxiri Atômico e Damurida. O som começa as 23h e a damurida é free a noite inteira. Bora lá? #victorpium #casadoneuber 
________________________________________________________________________ 

MOMENTO POLAROID 
*Créditos: Victor Pium
Pelas lentes do Blog Roraimarocknroll, a história do rock roraimense é contada... O registro é da banda Ditambah no projeto Música do Beiral do Clã Cultural Makunaima realizado dia 19 de setembro no bairro Caetano Filho... Uma bela imagem digna de polaroid! #polaroid #ditambah 
________________________________________________________________________ 

ROCK LIST 
*Créditos: Arquivo Pessoal

O musico e tatuador César Matuza, 
escolhe cinco músicas essenciais na sua #RockList. Confira: 

1. YYZ (Rush) 
2. Bohemian Rapsody (Queen) 
3. Confortably Numb (Pink Floyd) 
4. War Pigs (Black Sabbath) 
5. Rock n Roll all night (KISS) 
________________________________________________________________________ 

INSTAROCK 
A semana do rock roraimense no Instagram. 

#Agenor_Vasconcelos 
Siga @ agenorvasconcelos 

#Pedro_Prata 
Siga @Pedroprata__

#Gleison_Albuquerque 
Siga @gleison77 

Siga o Instagram do Blog Roraimarocknroll 
@roraimarock 
________________________________________________________________________  

RORAIMAROCK INDICA 
Confira os perfis e páginas que você deve acompanhar nas redes sociais 

#Instituto_BoaVista_deMúsica 
www.facebook.com/ibvmrr 

#Plato2112 
www.facebook.com/Plato2112
________________________________________________________________________ 

LIVRO 
*Créditos: Minuano 
NETINHO - MINHA HISTÓRIA AO LADO DAS BAQUETAS - Baterista netinho tem história ligada à música desde sempre. Começou a lidar com música na infância, ainda em Itariri, interior de São Paulo. Na adolescência, criou os Clevers, que depois passaram a se chamar Incríveis e estouraram no Brasil e em vários países, a princípio fazendo rock instrumental. Depois o grupo se dissolveu e Netinho formou outra banda antológica, o Casa das Máquinas. Essas e outras histórias estão em sua biografia, escrita em linguagem simples e direta. Sem rodeios, o músico fala de alegrias, decepções e do grave problema de saúde enfrentado há alguns anos, quando descobriu um câncer na laringe que quase o matou. O livro é ilustrado com farto (e raro) material fotográfico. Relato da trajetória de um músico que ajudou a criar a sonoridade do rock brasileiro. (por TONINHO SPESSOTO) 
________________________________________________________________________ 

DISCO
*Créditos: EF/ Sony 
ULTRAJE A RIGOR - POR QUE ULTRAJE A RIGOR? VOL. 2 - Como já é sabido, roger Rocha Moreira é adepto de uma boa polêmica nas redes sociais. Mas nesta nova incursão do Ultraje o cantor resolveu permanecer de boca fechada. Por Que Ultraje a Rigor? Vol. 2 é um passeio pelo rock instrumental dos anos 1960 e inclui versões fi éis para clássicos como “O Milionário” (Os Incríveis), “Pipeline” (The Chantays), “Walk Don’t Run” (The Ventures) e outras. Algumas surpresas saltam aos ouvidos, como a visão no estilo da Jovem Guarda para “Arnold Layne”, single psicodélico que o Pink Floyd lançou quando era comandado por Syd Barrett. E, para aqueles que viviam pedindo, o quarteto registrou o tema do The Noite, programa de Danilo Gentili no qual o Ultraje é a “banda da casa” . (por Paulo Cavalcanti)
________________________________________________________________________

FECHA A CONTA
Para se manter informado sobre tudo que acontece no rock roraimense 
Acesse o blog da coluna, no www.roraimarocknroll.blogspot.com
Siga-nos no twitter @roraimarock 
Curta nossa página no facebook/blogroraimarocknroll
Participe da coluna com sugestões através do e-mail roraimarock@gmail.com

PUBLICAÇÃO 
JORNAL FOLHA DE BOA VISTA | CADERNO B 
COLUNA RORAIMAROCKNROLL | ANO 5
19ª EDIÇÃO | 13/10/15