19 de jun de 2015

DIÁRIO DE BAR - VELUDO BRANCO - NA TRILHA DO ASFALTO


Olá Veludeiros e Veludettes,

depois de longas férias necessárias para concluir os projetos pessoais da banda em 2014, estamos de volta a rotina de shows, estúdio, composições e gravações. Em 9 anos de estrada, tivemos muitos momentos marcantes, viagens inesquecíveis e shows memoráveis que nos motivam a seguir sempre em frente e levar o nosso som ao maior número de pessoas possíveis.


Durante o ano de 2014 tocamos muito pouco, e sentimos saudades da energia que só um show de rock pode proporcionar. Nos alimentamos de sonhos, e fazemos destes sonhos objetivos para continuar seguindo em frente.

Além de fazer rock n'roll, também entendemos que para ter uma cena rock também precisamos arregaçar as mangas e trabalhar muito, não só como artistas, mas também como produtores. Somos uma banda independente por vários motivos e por isso mesmo precisamos sempre estar antenados com a mudança do mercado, conhecer novas bandas da cena, e fomentá-la, seja como banda, seja como produção.


Recentemente iniciamos uma agenda de shows que nos levará para novos lugares, dando o pontapé inicial em Manaus/AM, com um show insano realizado no Roque do Rock, evento bacana promovido pela Mama Records e contou ainda com show de 4 bandas de Manaus. 

O show para o público baré sempre é surpreendente, e sempre retornamos de lá motivados, não só por nossas performances que sempre são acima da média quando tocamos por lá, mas também pelo reconhecimento e carinho que recebemos do público amazonense, tão sincero, tão fiel e etílico. Nossa gratidão e um brinde ao publico mais rocker do norte brasileiro!


E não paramos por ai! Por conta desse retorno, abraçamos o projeto IndieRock do Antique Pub, junto com o Blog Roraimarocknroll e o programa de rádio Rock & História. Chegando a uma década de história, e olhando no retrovisor do nosso Opala Branco, sentimos muito não ter ao nosso lado bandas do nosso tempo seguindo em frente, muitas dela acabando no caminho por motivos diversos, mas ao mesmo tempo compartilhamos muita alegria em ver uma nova geração de bandas nascendo em nossa cena, com estilos diferentes, e ao dividir o palco com essa nova geração, sermos reconhecidos e tratados com relevância, sendo motivos de referência e acima de tudo sendo abraçados com carinhos por todos.


Seguimos em frente na trilha do asfalto, com muitos planos e projetos retomados, uma sede insaciável da estrada, dos palcos, e de toda a adrenalina que nos move e nos faz querer fazer rock n'roll pelo restos de nossos dias e tolerância hepática que temos adiante.


Ainda somos aquele power trio etílico que apenas quer estourar alguns ouvidos e fazer umas calcinhas pingarem, mas estamos envelhecendo como um bom rum Capitão Morgan, maturando nosso som, maturando nossos objetivos, sem nunca, jamais, perder a chama que nos move: o rock n'roll!

Abraços etílicos, e até o próximo encontro, numa mesa de bar, numa esquina qualquer, em cima do palco, ou na trilha do asfalto.

Mr Gonzo, Cesar Matuza, Paulo Veludo. 
#lastro

*Fotos: Dymerson Andrade

Um comentário: