16 de fev de 2016

COLUNA RORAIMAROCKNROLL - ANO 5 - 35ª EDIÇÃO

Nesta Edição: Bholivia, Ponto 3, Veludo Branco, Bali-Rádio, Marcus Miranda, Tepequém International Jazz e Blues Festival, Jj Vilela, Emerson Pereira, Garden, Siddharta Brasil, Saddy Menescal, Valmik, Julio Reidy.

 ABRE A CONTA
Bom dia rocker! Depois de um longo feriado de carnaval, tudo indica que o ano finalmente começou, inclusive para nós (risos). Ócio criativo foi o mantra de ordem nesse período de carnaval, que ficou melhor ainda com a chuva que caiu durante toda a semana passada. Depois de uma pausa breve, a coluna mais rocker do nosso jornal volta esta semana trazendo muitas novidades sobre o rock acima da linha do Equador. Confira um papo reto massa com o vocalista Bholivia, da banda Ponto 3, uma das bandas mais requisitadas na noite boa-vistense. Tem novidades também sobre o power trio roraimense Veludo Branco, que neste ano completa 10 anos de história. Ainda relembramos no momento polaroid o III Tepequém International Jazz & Blues Festival. Na sessão literatura uma biografia para os amantes do rock gaúcho, o rock list vintage do guitarrista Emerson Pereira, e nossa trip pelas redes sociais. A coluna de hoje é dedicada ao querido Marcus Miranda, vocalista da banda Bali-Rádio, uma das bandas mais queridas do público roraimense e promessa de sucesso. Fica aqui registrado nosso carinho e admiração pelo querido Marquinhos, grande amigo e parceiro artístico... Seja bem vindo à coluna Roraimarocknroll, porque a história do rock você lê primeiro aqui! Boa Leitura, e ótima terça-feira! Let’s go! - Victor Matheus. 
________________________________________________________________________ 

PAPO RETO
*Créditos: Arquivo Pessoal
O vocalista Bholivia, da banda Ponto3, 
responde a três perguntas do Papo Reto da nossa coluna:

Quando surgiu a banda Ponto3? O repertório da banda tem músicas covers e autorais?

A Ponto 3 surgiu no Mato Grosso, mais exato em Tangará da Serra, no inicio de 2009. No começo éramos apenas três integrantes, por isso o nome, e a proposta sempre foi fazer música brasileira passeando entre as vertentes do rock /reggae e mpb. Também temos autoral e esse ano, após um ano intenso de trabalho para concretizar nossos objetivos, queremos gravar no mínimo umas quatro músicas, pra que todos conheçam um pouco da gente...

Dá pra viver de músicas em Roraima? Que dicas você compartilha para quem está começando na carreira musical? Quais os maiores desafios?

Conheço quem viva aqui, só que é complicado, eu mesmo sempre tive minha vida noturna associada com meu outro trabalho, com oito horas, batendo ponto e tudo, mas financeiramente falando o que se ganha com música nos dias de hoje em Boa Vista ajuda e se torna um complemento na renda mensal. Uma coisa que é importante ser dita, é que a música exige muito de você, do seu tempo e dedicação, então trabalhando corretamente e acreditando no que você faz , com certeza colherá bons frutos, trace seu objetivo e sempre tenha outros vários em mente, a noite é cheia de muitas coisas boas e ruins esteja sempre atento, invista, no seu intelecto, no seu material de trabalho, na maioria das vezes será uma correria, mas acredite.... na verdade é a música que te escolhe a missão é reverberá-la da melhor forma que você seja capaz.

Quem salva o rock no Brasil hoje?

O Brasil se tornou uma grande mistura de ritmos, aliás, sempre foi. As bandas antigas que continuam na atividade representam muito tudo que eu já vivi, bandas como Paralamas, Titãs, Capital, ainda carregam as mesmas canções e gosto muito da mistura que o Lenine faz tanto quanto o Rappa, é difícil dizer quem salva, agora o que não podemos deixar jamais é que esses sejam esquecidos. Música Gringa é boa, mas temos que sempre ressaltar talentos brasileiros como: Raul Seixas, Renato Russo, Cazuza, Marina Lima e muitos outros.
________________________________________________________________________ 

VELUDO BRANCO
*Créditos: PV Santos
O power trio Veludo Branco celebra 10 anos de história em 2016, e para comemorar uma década na trilha do rock n’roll, a banda mais etílica de Roraima está preparando uma agenda especial para o ano, incluindo a produção de um documentário contando a história da banda e show especiais. Saiba mais sobre a banda no www.facebook.com/veludobranco
________________________________________________________________________ 

MARCUS MIRANDA 
*Créditos: Arquivo Pessoal
Nesta sexta feira, 19/02, o cantor e músico Marcus Miranda, da banda Bali-Rádio, celebra a 27ª volta ao redor do sol, e a coluna Roraimarocknroll deseja um feliz aniversário, cheio de luz, música, inspiração e arte na vida de um dos mais carismáticos frontman da nova geração do rock roraimense. A coluna é dedicada a você Marquinhos!
________________________________________________________________________ 

MOMENTO POLAROID
*Créditos: Tepequém Jazz Festival
Pelas lentes do Tepequém International Jazz & Blues Festival, a história do rock roraimense é contada... O registro é do músico alma nômade JJvilela no III Tepequém International Jazz & Nlues Festival, promovido pelo Platô2112 dias 6 e 7 de fevereiro na Serra do Tepequém... Uma bela imagem digna de polaroid! #polaroid #jjvilela
________________________________________________________________________ 

ROCK LIST
*Créditos: facebook.com/emerson.pereira
O guitarrista Emerson Pereira, 
escolhe cinco músicas essenciais na sua #RockList. Confira:

1. Little wing (Jimi Hendrix)
2. Smoke on the water (Deep Purple)
3. Help (The Beatles)
4. Johnny b goode (Chuck Berry)
5. Canto para minha morte (Raul Seixas)
________________________________________________________________________ 

INSTAROCK
A semana do rock roraimense no Instagram

#Siddhartha_Brasil
Siga @siddharthabrasil

#Saddy_Menescal
Siga @saddymenescal

#Valmik_Mota
Siga @alien.doc

Siga o Instagram do Blog Roraimarocknroll @roraimarock
________________________________________________________________________ 

RORAIMAROCK INDICA
Confira os perfis e páginas que você deve acompanhar nas redes sociais

#Rorairock
www.facebook.com/RRroraiRock 

#Ponto40
www.facebook.com/ bandaponto40rr

________________________________________________________________________ 

LIVRO
*Créditos: Artes e Ofícios
JULIO RENY – HISTÓRIAS DE AMOR E MORTE (Cristiano Bastos) - Cristiano Bastos, jornalista, escritor e colaborador da Rolling Stone Brasil, entra fundo na alma e no coração do cantor, compositor, ator e radialista Julio Reny, artista cult da cena do rock do Rio Grande do Sul. Apesar do potencial que tinha, Reny ficou para trás quando o rock gaúcho ganhou visibilidade nos anos 1980 e 1990. Perdas pessoais, falta de sorte e o vício em drogas e álcool colaboraram para que ele não decolasse. O tom confessional da obra e os depoimentos de pessoas importantes na vida e carreira de Reny dão peso ao texto e assim ajudam a desvendar um personagem pouco conhecido, mas muito interessante.
________________________________________________________________________ 

FECHA A CONTA
Para se manter informado sobre tudo que acontece no rock roraimense 
Acesse o blog da coluna, no www.roraimarocknroll.blogspot.com
Siga-nos no twitter @roraimarock 
Curta nossa página no facebook/blogroraimarocknroll
Participe da coluna com sugestões através do e-mail roraimarock@gmail.com 

PUBLICAÇÃO 
JORNAL FOLHA DE BOA VISTA | CADERNO B 
COLUNA RORAIMAROCKNROLL | ANO 5 
35º EDIÇÃO | 16/02/16

Nenhum comentário: