13 de set de 2013

PROGRAMA ESTILO ROCK - 33ª EDIÇÃO - O QUE VAI ROLAR?


Neste sábado, 14 de setembro, a 33ª Edição do programa ESTILO ROCK, traz um roteiro musical especial para o ouvinte fã de classic rock, punk rock, stoner rock e bandas de Roraima. Confira as bandas que fazem parte do roteiro musical do ESTILO ROCK deste sábado:

T. REX 
T. Rex (originalmente conhecida como Tyrannosaurus Rex, sua grafia também pode ser T Rex ou T - Rex), era uma banda de Rock inglesa formada por Marc Bolan. Foi fundada nos anos 60 como um duo de folk rock, mas encontrou o sucesso nos anos 70 como uma banda de glam rock com os hits "; Get It On", "Ride A White Swan", "20th Century Boy", "Children of the Revolution", "Hot Love", "Telegram Sam" e "Metal Guru". Após o sucesso comercial minguante em meados dos anos 1970, o T.Rex terminou em 1977 após Bolan morrer em um acidente de carro. Electric Warrior, seu sexto álbum de estúdio, é largamente considerado como um dos principais lançamentos do glam rock britânico. Alcançou o número trinta e dois nos EUA, enquanto foi o número um por várias semanas no Reino Unido, tornando-se o álbum mais vendido de 1971. Em 2003, foi classificado com o número 160 na Lista dos 500 melhores álbuns de sempre da Revista Rolling Stone.

DAVID BOWIE 
David Bowie (nome artístico de David Robert Jones, Londres, 8 de janeiro de 1947) é um músico, ator e produtor musical inglês. Por vezes referido como "Camaleão do Rock" pela capacidade de sempre renovar sua imagem, tem sido uma importante figura na música popular há cinco décadas e é considerado um dos músicos populares mais inovadores e ainda influentes de todos os tempos, sobretudo por seu trabalho nas décadas de 1970 e 1980, além de ser distinguido por um vocal característico e pela profundidade intelectual de sua obra.A influência de David Bowie é única, musical e socialmente. Como escreveu o biógrafo David Buckley, "ele penetrou e modificou mais vidas do que qualquer outra figura comparável."1 De fato, grande é sua influência no mundo da música entre artistas e bandas mais antigas e a nova geração (Ver Influência), e, além de ter auxiliado movimentos como a libertação gay e a recriação de uma nova juventude independente, introduziu novos modos de se vestir na cena musical e tem uma carreira prestigiada no cinema. Em 2002, ficou em 29º lugar na lista popular 100 Greatest Britons e já vendeu mais de 136 milhões de álbuns ao longo de sua carreira. Foi premiado no Reino Unido com 9 certificações de álbum de platina, 11 de ouro e 8 de prata, e, nos Estados Unidos, 5 de platina e 7 de ouro. Em 2004, a Rolling Stone colocou-o na 39ª posição em sua lista dos "100 Maiores Artistas do Rock de Todos os Tempos" e em 23º lugar na lista dos "Melhores Cantores de Todos os Tempos".

PINK FLOYD
Pink Floyd foi uma banda de rock inglesa formada em Cambridge em 1965, que atingiu sucesso internacional com sua música psicodélica e progressiva. Seu trabalho foi marcado pelo uso de letras filosóficas, experimentações musicais, capas de álbuns inovadoras e shows elaborados. O Pink Floyd é um dos grupos de rock mais influentes e comercialmente bem-sucedidos da história, tendo vendido mais de 250 milhões de álbuns ao redor do mundo1 e introduzido no Rock and Roll Hall of Fame dos Estados Unidos em 1996 e no Rock and Roll Hall of Fame do Reino Unido em 2005 pelo conjunto da obra do grupo.

SEX PISTOLS 
 Sex Pistols foi uma banda inglesa de punk rock, formada em Londres, no ano de 1975. Embora não tenham sido a primeira banda de punk do país, foram influentes por trazer o movimento punk do Reino Unido para a atenção mundial, e inspiraram diversos artistas posteriores de punk e rock alternativo. Sua carreira durou apenas dois anos e meio, e produziu apenas quatro singles e um álbum de estúdio, Never Mind the Bollocks, Here's the Sex Pistols.

THE CLASH 
 The Clash foi uma banda inglesa de punk rock, formada em 1976 como parte da primeira onda do punk britânico (em 1977). Além do punk, experimentou outros gêneros musicais, como reggae, ska, dub, funk, rap e rockabilly. Durante grande parte de sua carreira, o Clash consistiu em Joe Strummer (vocalista principal, guitarra rítmica), Mick Jones (guitarra principal, vocal de apoio e vocal principal em algumas canções), Paul Simonon (baixo, vocal de apoio e ocasionalmente vocais principais) e Nicky "Topper" Headon (bateria, percussão). Headon deixou o grupo em 1982 e atritos internos resultaram na saída de Jones no ano seguinte. O grupo prosseguiu com novos membros, mas acabou no início de 1986. As letras politizadas do Clash, sua experimentação musical e atitude rebelde tiveram uma influência profunda no rock, em especial no rock alternativo.2 Eles são amplamente referidos como "a única banda que importa", uma alcunha comercial originalmente introduzida pela gravadora do grupo, a CBS. Em janeiro de 2003, a banda, incluindo o baterista original, Terry Chimes, foi introduzida no Rock and Roll Hall of Fame. Em 2004, a Rolling Stone classificou o Clash como trigésimo maior artista de todos os tempos.

RAMONES 
Ramones foi uma banda norte-americana de punk rock formada em Forest Hills, no distrito de Queens, Nova York, no ano de 1974.1 Considerada como precursora do estilo e uma das bandas mais influentes e importantes da história do rock. Em 2 de março de 2002 a banda foi incluída no Salão da Fama do Rock and Roll, em 2004 a revista Rolling Stone elegeu as cem maiores personalidades dos primeiros cinquenta anos do rock, ficando os Ramones em 26º lugar e em 2011 a banda recebeu o prêmio Grammy Lifetime Achievement Award, que prêmia o artista por toda a sua obra.

QUEEN OF THE STONE AGE
Queens of the Stone Age (também conhecidos pelo acrônimo QotSA) é uma banda estadunidense de rock formada em Palm Desert, Califórnia em 1997. É muito conhecida por popularizar o gênero que até os anos 2000 não era muito considerado, conhecido como stoner rock e pela sua constante mudança de integrantes, sendo o único integrante original o vocalista/guitarrista/compositor da banda, Josh Homme.

RACONTEURS
 The Raconteurs é uma banda estadunidense de rock formada em 2005, em Detroit, cujos membros já eram conhecidos por outros projetos musicais, como The Greenhornes, Blanche e White Stripes. A sonoridade de seu primeiro CD "Broken Boy Soldiers" é bastante setentista, com muitas referências ao som do The Who até John Lennon em "Hands", do Small Faces em "Intimate Secretary", do The Doors e Deep Purple em "Store Bought Bones", do Black Sabbath em "Broken Boy Soldier" e o resto todo do Led Zeppelin.

THE VINES 
 The Vines é uma banda australiana de rock de garagem notável por fazer rock que lembra ao dosanos 60 e dos anos 90, dita popularmente como "o novo Beatles" ou como os "filhos do Nirvana".Eles apareceram na capa da Rolling Stone, em Outubro de 2002 (primeira banda australiana a fazer isso desde o Men at Work em 1983) com as palavras "Rock is Back: satisfazer os Vines" ousadia estampada por baixo.[4] Conhecido como o " O 'bandas, The Strokes, The Hives, The White Stripes e The Vines combinado "moda punk velho e adrenalina riffs abastecidas.Entre seus Hits estão "Get Free" (2002), "Outthataway" (2002), "Highly Evolved" (2002), do seu albúm de estreia Highly Evolved, "Ride" (2004) do albúm Winning Days, "Anysound" (2006) e "Don't Listen to the Radio" (2006) do seu terceiro álbum Vision Valley.Seu quinto álbum e o mais recente lançamento intitulado Future Primitivefoi lançado no dia 3 de junho de 2011 na Austrália e no resto do mundo.

ARROTO DO SAPO 
Mais de uma década de estrada, um espaço enorme no coração e nas cabeças balançantes dos HeadBangers de Boa Vista e ótimas histórias pra contar. Do Punk Rock de Roraima, a banda Arroto do Sapo foi criada no ano 2000, depois que Zé, quem ainda não era ‘do Arroto’, foi expulso de outra banda, isso no Rio Grande do Sul. Ele e a baixista Annapunk decidiram criar um novo grupo. O nome nasceu inspirado em um arroto no acontecido no meio do mato e de autor desconhecido. Conta-se que o som emitido lembrava um arroto de sapo (!?), segundo o vocalista Zé. Fórum Social Mundial, no RS, Encontro Internacional Anarcopunk, na Bahia, foram alguns dos locais onde os Punks se apresentaram pelo Brasil. Na terra de Macunaima a banda destaca os shows nos três primeiros Roraima SESC Fest Rock, realizados de 2005 a 2007. "Inesquecíveis", assim Zé do Arroto definiu a participação nos eventos. O trio tem cerca de 20 composições, algumas registradas em demos antigas, outras em vídeo. O single ‘Há um mês eu estou preso’ está disponível na internet desde 2005. A música já fez parte de uma coletânea, chamada ‘1 minuto, 60 bandas mostrando seu ódio em forma de música’, da Dinno Discos.

SHEEP
A banda Sheep está na estrada do rock desde 2002, sendo hoje um dos grupos de rock mais relevantes de todos os tempos do rock roraimense. O estilo da banda transita entre o grunge e rock alternativo, com riffs marcantes, distorções em contraste com dedilhados melódicos e letras com temáticas sentimentais e do cotodiano. A essência da banda Sheep é a produção de material autoral, para todos os públicos sem distinção. A Sheep também busca exercer o sentido literal do verbo “entreter”, reproduzindo canções de bandas internacionais conhecidas, muitas delas das que serviram de influência para o gênero da banda. As letras das canções da banda, de fácil compreensão, despertam a identificação imediata com seu público, com temas que vão desde desilusões amorosas à problemas psicológicos ou cenas do cotidiano. Tem como principais influências as bandas Nirvana, Silverchair, Alice In Chains, Foo Fighters, Stone Temple Pilots e a Reação em Cadeia.

COYOTES VOADORES
 Os Coyotes Voadores surgiram depois da dissolução da banda Tetris, que ganhou visibilidade no circuito alternativo de rock manauara por ter tocado em diversos festivais da Região Norte em 2007 e 2008 (Varadouro no Acre, Casarão em Rondônia, Grito Rock no Pará e Sesc Rock em Roraima). Em 2010, o grupo se formou com a proposta de tocar um estilo similar ao stoner rock, gênero com mistura de sons graves e muitos solos de guitarra com alta distorção, geralmente associado ao Queens of The Stone Age. A banda, no entanto, incorpora as influências de cada um de seus integrantes, desde clássicos do rock como Led Zeppelin até bandas da atual geração como Alice in Chains, Nine Inch Nails e Foo Fighters. Em 2012, os Coyotes se apresentaram em vários bares de rock da cidade com a sua formação atual: Matheus Santos (vocal e guitarrista), Luiz Roberto Goes (baixista), Anastácio Júnior (baterista), e o guitarrista Rodrigo Abinader. O vocalista explica também a origem do nome: "Como queríamos fazer rock no estilo de bandas do deserto californiano, começamos a imaginar ícones associados a isso. Coiotes são animais típicos desse ambiente. O resto foi pra inovar", explica o compositor. As músicas da banda tratam de temas diversos, tudo que atinge a sensibilidade da banda. "À República Parte I" é uma mensagem clara de repulsa aos desmandos dos homens que estão no poder, enquanto "Não é Que Você Estava Certa" alude aos comportamentos típicos de um casal em briga. O vocalista Matheus não tem preferências: "Cada música é um pedaço de nós. Como um órgão que é de suma importância para o funcionamento do todo. E assim como na vida real, cada um desses órgãos é vital pra que tudo esteja em ordem. Cada música é especial à sua maneira”.

Nenhum comentário: